Publicações
Sábado, 13 Fevereiro 2016

Rio de Janeiro: Crianças voltam a ganhar pulseirinhas de identificação no Terminal Alvorada

O Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, vai sediar pelo segundo fim de semana consecutivo ação do Programa SOS Crianças Desaparecidas, da Fundação da Infância e Adolescência (FIA). No evento, que acontece das 9h às 14h, serão distribuídas pulseirinhas de identificação para crianças e kits que explicam como familiares devem proceder em caso de desaparecimento.

Sexta, 05 Fevereiro 2016

Campanha Crianças Desaparecidas: CFM pede reforço da Embaixada dos EUA

A Embaixada dos Estados Unidos (EUA) e o Conselho Federal de Medicina (CFM) debateram, na última segunda-feira (1) em Brasília, estratégias para ampliar o combate ao desaparecimento de crianças e adolescentes. O presidente do CFM, Carlos Vital, e o integrante da Comissão de Assuntos Sociais, Ricardo Paiva, apresentaram propostas a serem levadas ao governo norte-americano.

Quarta, 03 Fevereiro 2016

10 mil crianças desaparecidas. Portugal na rota do tráfico

Trabalho escravo, exploração sexual e mendicidade. Será para estes fins que estarão a ser usadas 10 mil crianças refugiadas, de países como a Síria ou a Eritreia, que desapareceram assim que chegaram à Europa. Vinham sozinhas, sem acompanhamento de adultos, e poderão ter sido presas fáceis para as redes de traficantes que raptam menores. O alerta foi dado pelo coordenador europeu da Europol, Brian Donald, em declarações ao Observer.

Segunda, 01 Fevereiro 2016

10 mil crianças estão desaparecidas na Europa

Ultimamente se tem acompanhando a triste realidade enfrentada pelos imigrantes que tentam buscar um recomeço em países da Europa. São famílias obrigadas a deixar seu próprio país para fugirem de guerras, desastres naturais ou até mesmo procurar uma vida melhor. Elas lutam por apenas um ideal ter um lugar adequado para criar seus filhos, trabalhar e viver ou seja procuram uma qualidade de vida que muitas vezes elas não encontram em seus países de origem.

Segunda, 25 Janeiro 2016

Luxemburgo adere à plataforma de alerta de crianças desaparecidas

A plataforma, que conta com mais de 2,5 milhões de membros registados na União Europeia, tem como objetivo salvar a vida da criança quando ela é dada como desaparecida, raptada ou vítima de tráfico dentro do espaço europeu, através da partilha de informações.

Realização:

Apoio:

FECHAR X