Publicações
Terça, 05 Abril 2016

Quase metade dos casos de desaparecidos em SC são de crianças e adolescentes

Santa Catarina tem uma média de 3 mil casos de desaparecimentos relatados por ano, segundo a Polícia Militar. Isso dá oito por dia. E o mais preocupante é que 42,7% são crianças e adolescentes que fogem de casa. Os casos não se resumem a pessoas em situação vulnerável: a maior parte estava na escola e tem pais com casa própria. Ou seja, pode acontecer em qualquer lar.

Terça, 05 Abril 2016

Em vídeo, homem mostra como é fácil aliciar crianças pela Internet

Todos os anos, quase nove milhões de crianças são raptadas em todo o mundo. Esta é a estimativa do International Centre for Missing and Exploited Children (ICMEC). Para onde elas vão ou são levadas? Segundo o ICMEC, muitas delas acabam sendo encontradas e voltam para seus familiares. No entanto, boa parte das crianças desaparecidas são sequestradas para fins sexuais ou vendidas por traficantes por diferentes razões.

Segunda, 04 Abril 2016

Campanha compara o desaparecimento de crianças com quadros

As Meninas Cahen d'Anvers - Rosa e Azul, de Renoir, é uma obra clássica do impressionismo. Mas a tela só faz sentido se estiver completa, não é mesmo? "Se uma criança faz falta em um quadro, imagina em uma família?" Este é o lema da mais recente campanha do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) para o Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos (PLID).

Sexta, 01 Abril 2016

Assembleia Legislativa da Paraíba aprova criação do Cadastro Estadual de Crianças Desaparecidas

Foi aprovado por unanimidade, nesta quinta-feira (31), o Projeto de Lei 415/2015 de autoria da deputada Daniella Ribeiro (PP), que cria o Cadastro Estadual de Crianças Desaparecidas. Na sequencia, o PL será apreciado pelo governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, e dependerá de sanção para passar a vigorar.

Quinta, 31 Março 2016

Veja as fotos do Ato Público em Defesa da Criança Desaparecida realizado em 29/3, em Belo Horizonte

Para colocar em debate o problema das crianças desaparecidas no País e promover a divulgação de medidas de prevenção para médicos e a população em geral, o Conselho Federal de Medicina (CFM) e o Conselho Regional de Medicina do Estado de Minas Gerais (CRM-MG) promoveram nesta terça-feira (29), em Belo Horizonte (MG), ato público que celebrou a Semana Nacional de Mobilização para a Busca e Defesa da Criança Desaparecida. Veja a galeria de imagens da atividade.

Realização:

Apoio:

FECHAR X