Sábado, 10 Março 2018

Menina de sete anos desaparece após sair com conhecido da família, em João Pessoa

Uma menina de sete anos está desaparecida, desde a manhã desta sexta-feira (9), no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Segundo a mãe, Ana Maria Paiva, a criança foi levada por um primo dela, que teria pago um carro para ir com a garota até a cidade de Recife, em Pernambuco.

De acordo com Ana Maria, após dez anos sem encontrar esse homem, ele foi à casa dela, pedindo ajuda e afirmando que estava à procura de emprego. “E eu então apoiei ele, ele mostrou toda a confiança. Aí ele pediu para acordar por volta das 5h da manhã, para ir na Caixa Econômica de Mangabeira, para ele sacar o dinheiro dele. A gente saiu cedo”, contou.

Ela ainda explicou que a menina estava com fome e o suspeito se ofereceu para levá-la para comer. “E eu disse ‘tu dá mesmo?’. Ele disse ‘dou, tu me espera aí que jajá eu volto’. Aí que esperei e estranhei a demora. Aí eu fui até a casa de Mangabeira procurando ele, não encontrei, voltei para a Caixa Econômica e ele não estava”, disse a mãe.

Após prestar queixa na Delegacia da Infância e Juventude de João Pessoa, Ana Maria Paiva foi informada de que o homem teria alugado um carro e ido para a cidade de Recife com a menina. Ele teria dito ao motorista que o veículo seria usado durante a mudança de sua irmã, da capital pernambucana para João Pessoa. No entanto, segundo a mãe da garota, ao chegar no local, ele desceu do carro afirmando que iria sacar o dinheiro para realizar o pagamento, mas não retornou.

A mãe acredita que Nicole está em Recife, mas disse que não tem condições de viajar para procurar a garota. “Se eu tivesse condições, tivesse dinheiro, eu já tinha viajado. Do mesmo jeito que eu estou correndo aqui atrás, eu correria lá. Mas infelizmente eu sou pobre, não tenho dinheiro, aí tenho que esperar pela Polícia”, lamentou.

Segundo a delegada Joanna Darc, da Delegacia da Infância e Juventude de João Pessoa, já foram solicitadas imagens de câmeras de lojas da área onde a garota teria sido sequestrada, para tentar identificar o suspeito, uma vez que a mãe não tem o nome completo ou fotos do suspeito.

Fonte: G1

Realização:

Apoio:

FECHAR X